“Num clássico nunca há favoritos. É 50-50 para cada um. Tudo pode acontecer, mesmo que uma equipa esteja melhor do que a outra. Talvez o Sporting tenha baixas mais importantes, mas o FC Porto também as tem”, afirmou Paulo Futre.

O antigo extremo de Sporting e FC Porto falava aos jornalistas à margem da cerimónia de posse do Conselho de Veteranos, um novo órgão criado pelo Sindicato de Jogadores de Futebol Profissional ao qual Futre faz parte, que decorreu o Museu Nacional do Desporto, em Lisboa.

“Se o Sporting perder fica fora do título. Se ganhar, o campeonato fica uma loucura. Se empatar, tudo é possível e continua na mesma”, referiu o antigo internacional português.

O antigo defesa central Eurico Gomes, que também representou ‘dragões’ e ‘leões’ e que integra igualmente o Conselho de Veteranos, considerou que a equipa de Sérgio Conceição tem “maior responsabilidade em vencer”, por estar a atuar em casa, embora a formação de Jorge Jesus esteja “proibida de perder”.

“A responsabilidade de vencer está mais do lado do FC Porto, mas o Sporting tem responsabilidade de defender o seu prestígio e defender o campeonato e para isso tem de ser uma equipa ambiciosa", disse Eurico, que também chegou a vestir a camisola do Benfica.

O FC Porto-Sporting, da 25.ª jornada da I Liga, está agendado para sexta-feira, às 20:30, no Estádio do Dragão. Os portistas lideram o campeonato com 64 pontos, mais cinco do que os ‘leões’, que seguem em terceiro lugar em igualdade com o Benfica, segundo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.