O português de origem cubana, naturalizado em 07 de dezembro passado, deixou o campeão olímpico e mundial, o norte-americano Christian Taylor, em segundo, com 17,81. A marca hoje conseguida no Qatar coloca-o também como líder mundial do ano.

Évora também esteve em Doha, para ser quarto, com 17,04.

O anterior recorde nacional era de 17,74 e fora feito por Nelson Évora em 2007 em Osaca, Japão, quando se sagrou campeão mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.