Não houve surpresas, hoje em Seedorf, na Suíça, já que os espanhóis não deram hipóteses à França, a quem bateram por 7-1.

Perante a terceira seleção continental mais forte, por tradição, Portugal voltou a estar muito bem, sobretudo na segunda parte, após se atingir o intervalo com 0-0.

No arranque da segunda parte, o capitão Viti Oliveira conseguiu por fim desbloquear a defesa transalpina, marcando outro golo antes do apito final.

Diogo Lemos, Paulo Pereira e Gonçalo Machado assinaram os outros golos lusos, com o tento de honra italiano a ser apontado por Liam Bozzetto, quando Portugal já liderava por 3-0.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.