O dirigente vitoriano recordou, no final da apresentação das equipas profissionais, na Praça de S. Tiago, em Guimarães, na noite de segunda-feira, que os “plantéis nunca estão fechados até que o mercado encerre”, a 31 de agosto, mas disse pretender segurar o grupo de 28 elementos, que está próximo “da estabilidade”, apesar das eventuais saídas.

“Temos ofertas por vários jogadores do plantel. Não vou falar em concreto de nenhum. Este é o plantel que quero preservar. Tudo faremos para que possamos preservar os nossos ‘diamantes'”, afirmou.

Júlio Mendes realçou que a ‘espinha dorsal’ da época anterior, que valeu o quarto lugar no campeonato e a ida à final da Taça de Portugal (derrota com o Benfica, por 2-1), manteve-se para já, após “um esforço” possível graças “ao projeto”, nomeadamente na capacidade de investimento que, a seu ver, não existira até aí.

Questionado também sobre possíveis entradas, nomeadamente as do central Abdoulaye, que já representou os vimaranenses na época 2013/14 e pertence ao FC Porto, e do extremo Iuri Medeiros, que pertence aos quadros do Sporting, o presidente recusou falar “em concreto”, tal como o fez acerca dos moldes do contrato do central Pedro Henrique, oficializado na segunda-feira.

“Faz parte da nossa estratégia de gestão desportiva e económico-financeira. Não interessa colocar na praça pública se os jogadores têm contrato A ou B, porque isso, ao fim do dia, não se traduz em resultados desportivos”, explicou.

O responsável considerou ainda que o Vitória tem “a responsabilidade” de assumir, todas as épocas, o “objetivo do lugar europeu” e de pontuar na Liga Europa, para “dar o contributo à Liga” e para que “os outros clubes, no futuro, possam também ter acesso às competições europeias”.

Vitória de Guimarães apresenta plantel composto por 28 jogadores

O Vitória de Guimarães, da I Liga portuguesa de futebol, apresentou na noite de segunda-feira 28 jogadores para a época 2017/18, numa cerimónia que decorreu na Praça de S. Tiago, em Guimarães.

A equipa orientada pelo técnico Pedro Martins subiu ao palco instalado no centro histórico vimaranense a par da equipa B, da II Liga, com um conjunto de 55 jogadores a apresentarem-se num espaço repleto de adeptos vitorianos.

A apresentação do plantel principal contou com os três reforços até agora confirmados - os médios Francisco Ramos (ex-FC Porto B) e Rúben Oliveira (ex-Feirense) e o avançado Estupiñán (ex-Once Caldas, da Colômbia).

O defesa Pedro Henrique e os médios Celis e Hurtado, de regresso ao Vitória após, na época passada, terem jogado nos minhotos por empréstimo, também se apresentaram, tal como os oito jogadores oriundos dos ‘bês’ - Miguel Oliveira, Sacko, Marcos Valente, Vigário, Joseph, Kiko, Hélder Ferreira e Xande Silva -, destacando-se ainda a ausência de Mbemba, médio que iniciou a época com a equipa.

O Vitória começa oficialmente a temporada no sábado, com o jogo da Supertaça, frente ao Benfica, no Estádio Municipal de Aveiro, às 20:45, e o treinador Pedro Martins, perante a multidão que compareceu na cerimónia, afirmou a vontade de conquistar o troféu e oferecê-lo aos adeptos.

"Antes de mais, [queremos] trazer o troféu para a cidade, porque vocês merecem. Podem esperar da nossa parte paixão, alma e entrega, porque a cidade merece e o clube assim o exige", vincou.

Já a equipa B vitoriana, treinada por Vítor Campelos, conta, para, já com 27 jogadores, sete deles reforços - o guarda-redes Tiago Martins, os defesas Nikolaesh e David Luis, o médio Morelli e os avançados Gabriel, Artur Abreu e Medarious -, mas apareceu sem os defesas Marcílio e Formiga, que realizaram alguns jogos de preparação.

O Vitória B também começa a época no próximo fim de semana, com a primeira jornada da II Liga, no reduto do Varzim, pelas 17:00 de domingo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.