“Lamento não pode estar com todos os imensos fãs chineses, mas decidimos, entre equipa médica e técnica, não participar nesta digressão asiática para recuperar do joelho”, justificou o maiorquino de 32 anos.

A lesão do joelho que o obrigou a abandonar nas meias-finais do Open dos Estados Unidos, frente ao argentino Juan Martín Del Potro, vai impedi-lo de defender o título do ATP 500 de Pequim e do ATP Masters 1000 de Xangai, onde foi finalista.

Assim, Nadal vai perder 1.100 pontos para o ranking ATP e fica à mercê do suíço Roger Federer e, sobretudo, do sérvio Novak Djokovic, que não defende qualquer ponto até ao final de 2018.

Rafael Nadal, que na carreira conta com 17 vitórias em torneios do Grand Slam, 11 das quais em Roland Garros, já tinha desistido das meias-finais da Taça Davis com a França.

Nadal soma 8.760 pontos, Federer tem 6.900 e Djokovic 6.445.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.