Agronomia e Belenenses disputam este sábado a final do Campeonato Nacional 1, título de campeão nacional de râguebi relativo à época de 2017-2018.

Com transmissão televisiva na TVI, o Campo A do Centro de Alto Rendimento (CAR) de Rugby do Jamor, em Oeiras, é o palco desta final entre os dois clubes de Lisboa, sendo a nona vez, desde o início do século, que os dois emblemas conseguem chegar ao encontro mais ambicionado da temporada.

Com oito presenças em finais desde então, os agrónomos só por uma vez elevaram o troféu de campeão nacional (por sinal o único título, em 2007), conseguindo os azuis de Belém dois títulos, em quatro presenças (Belenenses soma 6 títulos no historial). Como curiosidade a única vez, 2007-2008, que a formação de Belém e da Agronomia se defrontaram, o Belenenses sagrou-se campeão nacional (22-21).

Sobre o encontro, em conferência de imprensa realizada no CAR de Rugby, no Jamor, que contou com a presença dos capitães das duas equipas, Fernando Almeida (Agronomia) e Vasco Pop (Belenenses), Miguel Freudenthal e António Sevinate Pinto, presidentes da Agronomia e do Belenenses respetivamente, partilham a opinião de que “a data da partida não interferirá na prestação das equipas”, numa alusão ao facto de a final referente ao título do ano passado se disputar em plena pré-época.

Recorde-se que a decisão do título de 2017-2018 foi adiada devido aos incidentes verificados na partida da meia-final do play-off entre a AEIS Agronomia e o Grupo Desportivo Direito no passado mês de abril (os agrónomos venciam por 15-13 quando o jogo foi interrompido devido a cenas de violência entre jogadores e entre o público), acontecimentos que levaram a uma dupla tomada de decisão da anterior direção da Federação Portuguesa de Râguebi, liderada por Luís Cassiano Neves: suspensão do campeonato e despromoção das duas equipas envolvidas nos referidos incidentes. Decisões que teriam como consequência natural a entrega do título atribuído na secretaria ao Belenenses (que tinha vencido o Cascais na outra meia-final por 37-10).

No decorrer deste processo, uma decisão do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Râguebi que anulou a descida de divisão de Agronomia e Direito, e, consequentemente, anulou o título nacional do Belenenses, levou à demissão de Cassiano Neves.

A demissão do líder federativo obrigou à realização de uma Assembleia-Geral e à constituição de uma Comissão de Gestão (em funções até eleições de fevereiro de 2019), que seguiu o determinado pelo Conselho de Disciplina da FPR e determinou que a final se disputasse entre o XV agrónomo e a formação de Belém.

O campeão irá enfrentar a AA Coimbra na Supertaça 2018, no próximo dia 5 de outubro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.