“[O Santos e Robinho] decidiram, de comum acordo, suspender o contrato assinado em 10 de outubro, a fim de que o jogador possa concentrar-se exclusivamente na sua defesa, no processo em curso em Itália”, informou na sexta-feira o Santos.

Em 2017, Robinho, de 36 anos, foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão, pela participação numa violação coletiva, cometida em 2013, quando representava o AC Milan, decisão da qual apresentou recurso.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.