“Este campeonato é mérito de toda a gente, mas principalmente dos jogadores, que são os principais obreiros desta conquista. Estou orgulhoso dos jogadores e obrigado a todos eles”, disse o treinador leonino em declarações após a vitória por 1-0 frente ao Boavista, em jogo da 32.ª jornada da liga portuguesa.

O treinador, que chegou a Alvalade na última época, recordou as críticas de que a equipa foi alvo quando foi eliminada da Liga Europa, logo no início da época, e elogiou o caráter dos jogadores para ultrapassar os momentos mais difíceis.

“Tudo o que disseram dos jogadores foi a nossa força. Fomos muito criticados, mas aproveitamos isso para trabalhar. Somos uma grande família e acho que este campeonato foi feito à medida deste grupo. Encaixamos as críticas, não nos escondemos e por isso tenho um orgulho imenso no caráter desta equipa”, confessou Rúben Amorim.

Sobre os sentimentos no dia de hoje, o técnico admitiu que sentiu a pressão, mas que agora é tempo de festejar e preparar os próximos jogos.

“Hoje é o dia dos sportinguistas: usem, abusem e festejem. Hoje vou dormir bem, mais descansado, mas amanhã preparar já o jogo com o Benfica, porque queremos continuar a vencer”, terminou o treinador.

O Sporting sagrou-se hoje campeão nacional de futebol pela 19.ª vez, ao vencer o Boavista, no Estádio José Alvalade, por 1-0, com um golo de Paulinho.

Com duas jornadas por disputar, os ‘leões’, que não festejavam a conquista do título nacional há 19 anos, desde 2002, lideram o campeonato, com 82 pontos, mais oito do que o FC Porto (74), segundo colocado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.