Os ‘dragões’, que atuaram 55 minutos com mais uma unidade, por expulsão do defesa-central Artur Jorge, e que falharam no mesmo lance uma grande penalidade, tiveram que aguardar pelo quinto, dos sete minutos de descontos inicialmente dados pelo árbitro, para finalmente festejarem um golo, depois de quatro encontros sem anotar qualquer tento, através de um jogador que se estreou hoje na I Liga.

Com este triunfo, o FC Porto recupera o terceiro posto, contando agora 25 pontos, menos quatro do que o comandante Benfica, enquanto os bracarenses descem ao quarto lugar com 23 pontos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.