Coletivamente, o Sporting acabou por conquistar o título, sagrando-se tricampeão, numa prova em que o campeão em título, Rui Pinto (Benfica), conquistou o segundo lugar do pódio.

“Ser campeão nacional é o sonho de todos. Desde que comecei a correr, apaixonei-me pelo corta-mato. Sempre gostei, treinei a época toda em percurso de corta-mato e hoje consegui realizar o meu sonho”, disse Rui Teixeira, em declarações à agência Lusa.

O atleta do Sporting sublinhou ainda o “despique” que manteve ao longo da prova com o rival Rui Pinto.

O Sporting já tinha garantido o acesso à Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato em 2019 (seniores masculinos e femininos), como vencedor dos títulos europeus deste ano.

No campeonato nacional de juniores femininos, sagrou-se campeã a atleta do Sporting de Braga Mariana Machado, e, por equipas, o título foi entregue ao Sporting.

Nos juniores masculinos, Ruben Sousa do Sporting conquistou o título de campeão nacional e o Benfica arrecadou o título por equipas.

Classificação da prova de seniores masculinos:

1. Rui Teixeira (Sporting), 32.16 minutos.

2. Rui Pinto (Benfica), 32.38.

3. Samuel Barata (Benfica), 32.48.

4. Rui Pedro Silva (Sporting), 33.03.

5. Ricardo Dias (Sporting), 33.09.

6. Alberto Paulo (Sporting), 33.11.

7. Helder Santos (Sporting), 33.14.

8. Eduardo Mbengani (Benfica), 33.15.

9. Licínio Pimentel (Sporting), 33.17.

10. António Silva (Sporting), 33.19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.