A decisão, que também proíbe a participação da Rússia nos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022, é metade da sanção proposta pela Agência Mundial Antidopagem (AMA), que tinha pedido quatros anos de suspensão.

Os atletas russos que nunca tenham sido sancionados por doping poderão, de acordo com a decisão, participar em competições internacionais, mas sob bandeira neutra.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.