Na Veltins Arena, a formação da casa chegou ao triunfo já muito perto do fim do jogo, quando o médio alemão Suat Serder bateu o guardião Gikiewicz, aos 87 minutos, e pôs fim ao bom momento dos visitantes, que vinham de uma série de três vitórias consecutivas.

Antes, ainda na primeira parte, o avançado belga Benito Raman (23) havia colocado o Schalke na frente, mas, de grande penalidade, o dinamarquês Marcus Ingvartsen restabeleceu a igualdade que parecia permanecer até ao apito final.

Com 25 pontos, os mineiros apanham o Borussia Moenchengladbach no primeiro lugar, que apenas entra em campo no domingo, quando receber o Friburgo, um adversário que também pode chegar à liderança em caso de vitória.

À espera de um deslize do Moenchengladbach estão Bayern Munique e Leipzig, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, ambos com 24 pontos, que medem forças com Bayer Leverkusen e Paderborn, respetivamente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.