As exibições e os números apresentados nos últimos jogos pelo internacional suíço, melhor marcador do campeonato, juntamente com Pedro Gonçalves (Sporting), ambos com 16 golos, traduziram-se em 27% dos votos, contra os 14% de Palhinha e Sérgio Oliveira, que, ainda assim, foi escolhido como o médio do mês (21,29%).

Nos quatro jogos do campeonato realizados em março, Seferovic, também distinguido como avançado do mês, anotou seis golos e fez uma assistência.

“O mérito é da equipa. Estamos a jogar bem e, por isso, as coisas estão-me a sair bem”, disse o internacional helvético, citado pelo sítio da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, foi o vencedor na respetiva categoria, ao recolher 29,41% dos votos, imperando sobre os homólogos Rúben Amorim (28,76%), do líder isolado Sporting, e Sérgio Conceição (10,46%), do FC Porto.

Também o guarda-redes titular dos ‘encarnados’, o brasileiro Helton Leite, que manteve baliza inviolável nos quatro encontros do mês, recebeu o prémio de melhor guardião, com 31% dos votos.

Na quarta-feira, o organismo revelou que o central uruguaio Sebastián Coates (Sporting) foi o melhor defesa do mês, pela segunda vez consecutiva, arrecadando 24,29%, face aos 16,43% de Otamendi (Benfica) e 13,57% de Pepe (FC Porto).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.