Dois dias depois da derrota por 1-0 com a Bulgária, que organiza este minitorneio, Portugal voltou a sentir grandes dificuldades e só nos descontos conseguiu garantir o empate, que mantém a equipa das ‘quinas’ na corrida ao apuramento.

Tal como tinha sucedido na quinta-feira, Portugal, que foi vice-campeão europeu da categoria em 2014, voltou a ter maior domínio ofensivo, mas sem conseguir materializar esse ascendente.

Depois de uma primeira parte sem golos, só na etapa final do segundo tempo o marcador foi ‘ilustrado’, primeiro pela Bielorrússia, graças a uma grande penalidade.

Uma falta de Miguel Luís sobre Bakhar, que o árbitro suíço Adrien Jaccottet penalizou com penalti, cobrado por Lisakovich, permitiu aos bielorrussos passarem para a frente do marcador.

No primeiro dos quatro minutos de compensação concedidos pelo juiz helvético, Portugal chegaria à igualdade, por intermédio do mesmo Miguel Luís, que se redimiu do derrube que originou o golo adversário.

Com este empate, Portugal soma o primeiro ponto no grupo 8, a três dias do jogo decisivo com a Dinamarca, que hoje ainda defronta a anfitriã Bulgária, duas equipas que venceram o primeiro jogo.

Nesta fase de qualificação apuram-se para a ronda de elite os dois primeiros de cada um dos 13 grupos, mais o terceiro melhor classificado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.