Pedro Correia adiantou a seleção lusa, aos 42 minutos, tendo Luís Silva ‘bisoado’ no segundo tempo, aos 46 e 68, numa partida em que se estrearam na equipa das ‘quinas’ Bruno Rafael, Reko, João Silva, Tedddy Antoine, Tote Gomes, Tomás Silva, Diogo Pinto e Rogério Santos.

Os comandados por Hélio Sousa, com as estreias de Bruno Rafael e Reko no ‘onze’ titular, entraram melhor na partida e criaram mais e melhores ocasiões, quase todas com Pedro Correia como protagonista.

Num jogo com muito nevoeiro, chuva persistente e vento, Cabo Verde também teve uma oportunidade, por Kelvin Pires (23).

Depois de novas situações para marcar, inclusivé uma grande penalidade falhada por Pedro Correia, aos 29 minutos, Portugal chegou à vantagem aos 42 minutos, por intermédio de Pedro Correia, que fez um ‘chapéu’ ao guarda-redes Márcio Rosa. O golo não se festejou de imediato nas bancadas, dado o nevoeiro cerrado que se verificava no momento.

No segundo tempo, jogado com menos ritmo e num terreno mais pesado, Portugal entrou a dilatar a vantagem, através de Luís Silva (46), a aproveitar a passividade da defensiva cabo-verdiana e em resposta a um canto batido por Reko.

Ao minuto 68, a equipa das ‘quinas’ aumentou a contagem, com um ‘bis’ de Luís Silva. O defesa-central aproveitou o mau alívio de Márcio Rosa, na sequência de um canto, e atirou para o fundo das redes, fixando o resultado final.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.