“O FC Shakhtar assinou um contrato de arrendamento com o centro de treinos do Légia. O acordo é para o período entre agosto e novembro de 2022”, informaram hoje os ucranianos, acrescentando o local dos jogos.

O estádio do Légia servirá a equipa nos jogos em casa na Liga dos Campeões, competição em que tem entrada direta na fase de grupos, enquanto os encontros da UEFA Youth league, a competição de juniores que replica na fase inicial a principal prova, decorrerão no centro de treinos, a 30 minutos de Varsóvia.

A Liga ucraniana de futebol de 2021/22 foi interrompida à 18.ª jornada, após a invasão russa da Ucrânia, numa altura em que o Shakhtar Donetsk liderava a prova, com 47 pontos, mais dois do que o Dínamo Kiev, segundo colocado.

Posteriormente, no final de abril, os clubes ucranianos decidiram terminar antecipadamente a época sem atribuir o título de campeão, sendo que a classificação que se registava na altura da paragem foi decretada como a final da época 2021/2022.

O Dínamo Kiev, que estava em segundo quando foi suspensa a Liga ucraniana, já disputou a segunda pré-eliminatória de acesso à ‘Champions’, eliminando o Fenerbahçe, de Jorge Jesus, e na terceira ronda preliminar defronta os austríacos do Sturm Graz.

A Rússia lançou em fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já matou mais de 5.100 civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.