Na conferência de imprensa de antevisão do desafio com os ‘dragões', realizada na Academia do clube, em Alcochete, o técnico, de 43 anos, vincou que o emblema de Alvalade "tem sempre a responsabilidade de ganhar" e frisou conhecer bem a formação comandada por Sérgio Conceição.

"Estivemos muito tempo afastados do pódio. Neste momento estamos em terceiro lugar. O grande objetivo é apanhar o segundo classificado e, depois, o primeiro. Queremos ganhar para estarmos mais próximos, por isso o jogo vale mais do que três pontos. Sei que eles também querem muito ganhar, porque faz parte do seu ADN e são um candidato ao título. Depois, se conseguirmos atingir o segundo lugar, vamos pensar no primeiro. É importantíssimo ganhar", afirmou.

Sem esconder o "muito respeito" que tem pelo FC Porto, Jorge Silas confessou que as sensações para este clássico "são muito similares" às registadas antes dos outros jogos, embora tenha assumido ter sempre "alguma ansiedade" até ao início da partida.

Apesar do peso de um clássico entre dois rivais históricos, o técnico recusou catalogar o duelo como "decisivo" e preferiu elogiar o adversário desta ronda.

"Conheço muito bem o FC Porto. Ganham muitas segundas bolas, têm um futebol vertical muito bem feito e também jogam bem por trás. É uma equipa muito versátil e jogam com o que o jogo lhes pede, têm vários pontos fortes, muitos bons jogadores e um grande treinador. É uma equipa fortíssima, mas nós também o somos. Acho que é 50-50 de favoritismo para cada lado", sintetizou, furtando-se a comentários sobre a reabertura do mercado de transferências.

As indisponibilidades por motivos físicos de Renan e Neto foram já reconhecidas pelo treinador do Sporting, que confirmou a possibilidade de efetuar alguma alteração no ‘onze’, face às exigências táticas colocadas pelo conjunto portista, embora não tenha esclarecido a opção por uma defesa com três ou quatro elementos.

"Podemos fazer uma ou outra alteração. Estamos a ganhar algumas rotinas que são importantes, mas vamos defrontar um adversário que, por razões estratégicas, nos obriga, por vezes, a mudar um pouco", observou, revelando a sua expectativa de ver o médio Danilo entre os titulares do FC Porto, apesar das dúvidas sobre a sua condição física: "O Danilo é um grande jogador. Preparámo-nos de maneira a que o Danilo jogue e achamos que vai jogar".

O clássico da 15.ª jornada da I Liga de futebol entre o Sporting, terceiro classificado, com 26 pontos, e o FC Porto, segundo, com 35, está marcado para domingo, às 17:30, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.