Com este desaire, em casa de um dos rivais diretos pelo apuramento, o Sporting, com um encontro por disputar, mantém o terceiro lugar, com nove pontos, mais um do que os gregos e do que os suíços do Kadetten, que têm um jogo a menos, sendo que se apuram os quatro primeiros.

Na última jornada, o Sporting recebe o líder Nimes, com o AEK a jogar no terreno do Eurofarm Pelister, segundo posicionado, tendo o Kadetten a tarefa, em teoria, mais fácil, com a receção ao lanterna-vermelha Tatabanya.

Os ‘leões’ entraram muito bem no encontro e, à passagem do quinto minuto, venciam por 4-1, mas com um parcial de 6-2 os gregos passaram aos 7-6.

O encontro seguiu equilibrado até aos cinco minutos finais, quando o AEK conseguiu fugir no marcador e chegar ao intervalo a vencer por 15-11.

O Sporting voltou a entrar muito bem no segundo tempo e passou para a frente do marcador aos 16-17, conseguiu em vários momentos ter dois golos de vantagem, mas permitiu a reviravolta aos gregos.

No último lance do encontro, o Sporting podia ter conseguido o empate, que lhe garantia o apuramento, mas Carlos Ruesga desperdiçou um livre de sete metros.

Jens Schongarth foi o melhor marcador do Sporting, com seis golos, menos dois do que Cristian Ugalde, do AEK Atenas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.