João Sousa, 49.º do ‘ranking’ mundial ATP, colocou Portugal em vantagem no duelo com os ucranianos, ao bater Illya Marchenko, antigo top-50 e atual 337.º ATP, por 4-6, 6-2 e 6-3.

Ainda hoje, no piso rápido do Campa Tennis Club, o segundo encontro de singulares será disputado por Pedro Sousa, número dois português e 144.º ATP, e o número um ucraniano, Sergiy Stakhovsky (142.º), que em julho se impôs a João Sousa na primeira ronda de Wimbledon.

Depois de ter sido beneficiada com um ‘bye’ na primeira ronda e ter cedido perante a Suécia (3-2), na segunda jornada em abril, Portugal disputa agora com a Ucrânia a permanência no Grupo I da Zona Europa/África.

A equipa vencedora garante automaticamente a permanência no Grupo I, enquanto a seleção derrotada terá ainda mais uma ronda de ‘play off', diante da África do Sul, para tentar evitar a descida de Divisão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.