Depois de ter estado em vantagem desde os 37 minutos – golo de Younousse Sankhare -, tudo se alterou já no final da partida, com a expulsão do senegalês Youssouf Sabaly, aos 86 minutos, seguida do golo do atacante do Granville Sullivan Martinet, aos 90+4.

No prolongamento, o Bordéus viu-se reduzido a nove unidades – expulsão de Thomas Carrique por vermelho direto aos 102 minutos -, tendo o Granville voltado a marcar na cobrança da correspondente grande penalidade.

O Bordéus acabou reduzido a oito jogadores, após expulsão do checo Jaroslav Plasil, aos 110 minutos.

O Marselha, outra equipa da primeira divisão do futebol francês, viu-se em dificuldades para superar uma equipa de escalão inferior, tendo resolvido a eliminatória apenas no tempo suplementar, com o defesa Jordan Amavi a salvar os marselheses, aos 103 minutos.

Menos sorte teve outra equipa da primeira divisão do futebol francês, o Angers, que foi batido em casa por 2-0 pelo Lorient, sétimo classificado da ´Ligue 2´.

Já o Saint-Étienne, 16.° classificado na ´Ligue 1´, conquistou a passagem aos 16 avos da competição ao bater por 2-0 o Nimes, segundo classificado da segunda divisão.

Noutra partida dos 32 avos de final da Taça de França, o Estrasburgo bateu o Dijon por 3-2, mas apenas no final do tempo suplementar.

As duas equipas da ´Ligue 1´ chegaram ao final do tempo regulamentar empatadas 1-1, mas no prolongamento, e em apenas dois minutos, Jeremy Blayac e o cabo-verdiano Joia Nuno da Costa sentenciaram a partida, apesar de o Dijon ter ainda reduzido a desvantagem, aos 103 minutos, por outro cabo-verdiano, Julio Tavares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.