"Já não confio tanto em mim mesma como antes e não sei se é a idade. Fico um pouco mais nervosa", desabafou. "Depois da performance que tive, simplesmente não quis continuar", explicou a campeã norte-americana, citada pela BBC.

Biles saiu da final no Centro de Ginástica Ariake, depois de um salto de abertura sem brilho — obteve a pontuação de 13.766, a mais baixa que já conseguiu num salto olímpico — e deixou a área de competição, aparentemente devido a lesão.

A seleção norte-americana retirou então a atleta do restante da final, que foi vencida pelo quarteto russo contra o qual a equipa do EUA competia.

A representação russa, composta por Vladislava Urazova, Viktoriia Listunova, Angelina Melnikova e Liliia Akhaimova, totalizou 169,528 pontos, superando a dos Estados Unidos, segunda classificada, com 166,096, e da Grã-Bretanha, que conquistou a medalha de bronze, com 164,096. A Rússia conquistou assim medalha de ouro na prova por equipas feminina de ginástica artística, um título que escapava há 29 anos, quebrando a hegemonia dos Estados Unidos.

Biles regressou então algum tempo depois para abraçar as colegas Grace McCallum, Sunisa Lee e Jordan Chiles e para receber a medalha de prata, sendo que foi aí que a quatro vezes campeã olímpica confirmou que não se tinha lesionado.

"Assim que eu piso o praticável, sou só eu e a minha cabeça, a lidar com demónios. Tenho de fazer o que é certo para mim e tenho de me focar na minha saúde mental. Temos de proteger a nossa saúde e o nosso bem-estar e não fazer apenas aquilo que o mundo quer que façamos.", adiantou.

"Sinto que também não me estou a divertir tanto e sei que estes Jogos Olímpicos... Eu queria que fossem para mim", disse ela, começando de seguida a chorar.

"É uma merda que isto aconteça aqui nos Jogos Olímpicos... mas, com o ano que tem sido, eu realmente não estou surpreendida com a forma como aconteceu", completou, considerando que, no final de contas, ninguém quer "ser carregado daqui numa maca".

Biles, de 24 anos, é considerada uma das melhores ginastas de sempre, tendo vencido quatro medalhas de ouro em Rio2016. Recorde-se que a ginasta está ainda na luta por medalhas nas provas individuais, que decorrem apenas na quinta-feira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.