Djokovic, que não voltará a jogar até ao final do ano, desceu para o quinto lugar, que não ocupava desde 25 de junho de 2007, sendo ultrapassado pelo suíço Stanislas Wawrinka, atrás de um ‘top-3’ inalterado – o britânico Andy Murray lidera, à frente do espanhol Rafael Nadal e do helvético Roger Federer.

Depois de ter chegado à final do ‘challenger’ de Tampere, na Finlândia, Pedro Sousa subiu ao 143.º do lugar do ‘ranking’, a melhor posição da sua carreira.

Apesar de ter descido um lugar, João Sousa continua a ser o melhor português, na 62.ª posição, com Gastão Elias a cair para 171.º do mundo, 10 lugares à frente de João Domingues que ‘escalou’ 14 postos.

No ‘ranking’ feminino, Michelle Larcher de Brito caiu um lugar para 320.ª, numa lista sem alterações no topo, onde a checa Karolina Pliskova mantém a liderança, à frente da romena Simona Halep e da alemã Angelique Kerber.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.