Apesar de ter vencido em apenas dois ‘sets’, Nadal voltou a passar quase duas horas em campo para derrotar o jogador finlandês, vencendo pelos parciais de 6-4 e 7-5, e prepara-se agora para defrontar na final o norte-americano Maxime Cressy, 112.º jogador do mundo.

“É um regresso muito importante, começar uma nova temporada aqui na Austrália é muito importante. Claro que tenho de fazer melhor as coisas, mas, depois de tanto tempo, é normal”, afirmou Nadal, sexto jogador do mundo, após regressar a uma final depois da perdida no ano passado para o sérvio Novak Djokovic em Roland Garros.

No domingo, Nadal vai medir forças com Maxime Cressy, jogador que vem da fase de qualificação, que hoje derrotou surpreendentemente o búlgaro Grigor Dimitrov, terceiro cabeça de série do torneio, pelos parciais de 7-5 e 7-6 (11-9).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.