Depois das derrotas com Crystal Palace (3-0, fora), Chelsea (3-0, em casa) e Arsenal (3-1, fora), os ‘spurs’ voltaram a sucumbir num dérbi londrino, desta feita frente a um adversário que o ultrapassa na classificação.

Apesar de uma maior posse de bola do Tottenham (63%), o West Ham mostrou em vários momentos do jogo ser um perigo apontado à baliza de Hugo Lloris e acabou por fazer a diferença perto da meia hora da segunda parte.

O golo nasceu de bola parada, na marcação de um canto, com Michail Antonio a surgir na pequena área a antecipar-se, com um toque, a Harry Kane, e a fazer o único golo do jogo, aos 72 minutos.

O triunfo deixa a equipa de David Moyes no quarto lugar, com 17 pontos, à frente de Brighton e Tottenham, ambos com 15, embora o Manchester United (sétimo, com 14), de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot, ainda hoje receba o Liverpool (segundo, com 18).

Em outro jogo da tarde, o Leicester, com o lateral português Ricardo Pereira a titular, foi vencer por 2-1 ao difícil terreno do Brentford, equipa que esta época já bateu o West Ham e o Arsenal e impôs um empate ao Liverpool.

Desta vez, os ‘foxes’ conseguiram evitar o fator surpresa, num jogo em que em que estiveram a vencer com um golo de Tielemans, aos 14 minutos, consentiram o empate por Jorgensen, aos 60, mas carimbaram a vitória por Maddison, aos 73.

Ainda hoje disputa-se o jogo ‘grande’ da nona jornada, com o Manchester United a receber o Liverpool, a partir das 16:30.

No sábado, o Chelsea reforçou a liderança, com a maior goleada da época, 7-0 ao Norwich, e o Manchester City assumiu, provisoriamente, o segundo lugar, à espera do Liverpool, depois de vencer fora o Brighton, por 4-1.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.