Vasco Seabra, que falava à margem da conferência de antevisão ao jogo da Taça da Liga diante do Vitória de Guimarães, começou por dizer que o eventual reforço da equipa está numa fase "absolutamente embrionária" e que "neste momento, o foco está mais na organização coletiva da equipa", sem deixar, no entanto, de admitir mudanças.

"Se aparecer uma oportunidade de mercado, pensaremos nisso, mas terá sempre de ser uma oportunidade que nos acrescente e traga valor", disse Vasco Seabra, sem perder de vista que a entrada de novos elementos implica obrigatoriamente a saída de outros.

O Paços de Ferreira tem 30 jogadores no plantel e esgotou o limite permitido das 27 inscrições (Rabiola não está inscrito, Francisco Afonso e André Sousa são seniores de primeiro ano e ficam, por isso, ‘isentos' desta contabilidade, até um total de seis jogadores nas mesmas condições, o que é ainda extensivo a 20 elementos da formação, no máximo).

"Temos bastantes jogadores até para o meio campo, mas [no ataque] o Rabiola e o Cícero têm lesões mais prolongadas e temos de pensar noutras soluções", confirmou o técnico, numa altura em que já abriu o mercado de inverno, em vigor de 01 a 31 de janeiro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.