O britânico, de 26 anos, foi o melhor no final dos 109,4 quilómetros entre Pola de Laviana e o mítico Angliru, cruzando a meta com o tempo de 03:08.40 horas, 16 segundos à frente do russo Aleksandr Vlasov (Astana), segundo, do espanhol Enric Mas (Movistar), terceiro, e do novo camisola vermelha, que foi quarto.

Carapaz, que estava empatado em tempo com Primoz Roglic (Jumbo-Visma), beneficiou de uma quebra do esloveno na parte final da emblemática e dura subida e regressou ao comando da geral, que lidera com 10 segundos de vantagem para o vencedor do ano passado. Carthy é agora terceiro, a 32 segundos do equatoriano da INEOS, depois de ter ultrapassado o irlandês Dan Martin (Israel Start-Up Nation)

Na segunda-feira, o pelotão da Vuelta cumpre o segundo dia de descanso desta edição, o último antes da chegada a Madrid, em 08 de novembro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.