Rooney, de 36 anos, é o segundo melhor marcador da história da Premier League, com 208 golos, em 491 presenças, apenas atrás de Alan Shearer (260 golos em 441 jogos), que foi o primeiro elemento a integrar o ‘Hall of Fame’ da competição, juntamente com o francês Thierry Henry, ambos em 2021.

O antigo avançado do Manchester United, que atualmente treina o Derby County, do segundo escalão, começou por destacar-se no Everton, estreando-se pelos ‘toffees’ com 16 anos, antes de rumar aos ‘red devils’, clube em que atuou durante 13 temporadas e pelo qual conquistou cinco títulos de campeão inglês, entre 2004 e 2017. Ainda voltou ao clube de Liverpool (2017/18).

Também o ex-médio internacional francês Patrick Vieira, que treina o Crystal Palace, passará a fazer parte do ‘Passeio da Fama’ da Premier League, competição em que atuou entre 1996 e 2005, pelo Arsenal, e entre 2010 e 2011, pelo Manchester City.

Vieira, de 45 anos, acumulou 307 jogos na principal divisão do futebol inglês, a maioria ao serviço do Arsenal, no qual envergou a braçadeira de ‘capitão’ e conquistou três títulos de campeão, integrando a histórica equipa dos ‘gunners’ que venceu a Premier League sem averbar qualquer derrota, em 2003/04, e que ficou conhecida como ‘The Invencibles’ (os invencíveis)

Além de Wayne Rooney e Patrick Vieira, outros seis antigos jogadores serão escolhidos – entre uma lista de 25 – pelos adeptos, através de votação, para integrarem ainda este ano o ‘Hall of Fame’ da Premier League, que foi criado no ano passado.

Desta galeria de futebolistas já retirados fazem parte Alan Shearer, Thierry Henry, Eric Cantona, Roy Keane, David Beckham, Dennis Bergkamp, Frank Lampard e Steven Gerrard, além dos recém-indicados Rooney e Vieira.

A Premier League, o principal campeonato do futebol inglês, teve a sua primeira edição em 1992/93, tendo substituído a antiga Division One.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.