A informação consta no anúncio preliminar de lançamento da OPA de unidades de participação representativas do fundo de participação da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) enviada pela Associação Mutualista à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

“Considerando que o Oferente [Montepio Geral – Associação Mutualista] detém diretamente, nesta data, 293.992.794 Unidades de Participação, a Oferta, ainda que geral, apenas poderá ser aceite pelos titulares das restantes 106.007.206 Unidades de Participação, representativas de 26,5% do total de Unidades de Participação representativas do Fundo de Participação da CEMG”, segundo o anúncio.

A contrapartida oferecida é de um euro por Unidade de Participação, a pagar em numerário, sendo o valor total da oferta de 106.007.206 euros.

O Montepio Geral – Associação Mutualista diz no anúncio ser sua intenção promover o mecanismo de perda da qualidade de sociedade aberta (saída de bolsa), na sequência da transformação da CEMG em sociedade anónima, “cuja conclusão deverá ocorrer em momento posterior próximo ao encerramento” desta OPA.

A CEMG tem admitidas à negociação na bolsa de Lisboa 400.000.000 de Unidades de Participação representativas da totalidade do Fundo de Participação.

O Montepio Geral – Associação Mutualista detém a totalidade do capital institucional da CEMG (2.020.000,00 euros), detendo por isso 100% dos respetivos direitos de voto, e 73,5% do total de Unidades de Participação representativas do Fundo de Participação da CEMG.

“O objetivo último do oferente é assegurar que, na sequência da referida transformação da Entidade Visada em sociedade anónima, o capital social da CEMG venha a ser detido, na maior extensão possível, por entidades da economia social”, segundo o anúncio.

O Montepio Geral – Associação Mutualista declara ainda pretender com esta OPA “dar continuidade à atividade e estratégia da CEMG, mantendo as suas principais linhas de orientação de longo prazo definidas para o triénio 2016-2018”.

Na sexta-feira, a CEMG informou ter realizado um aumento do seu capital institucional, no valor de 250 milhões de euros, integralmente realizado pelo Montepio Geral - Associação Mutualista.

A Associação Mutualista é o topo do Grupo Montepio e tem como principal empresa subsidiária a CEMG, que desenvolve atividade bancária.

[Notícia atualizada às 20:48]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.