Como era esperado, a principal taxa de refinanciamento mantém-se em zero e a taxa de depósito permanece em -0,50%, depois de ter baixado uma décima em setembro. A taxa de juro de facilidade permanente de cedência de liquidez permanece em 0,25%.

O BCE também reiterou que o seu programa de compra de dívida vai ser relançado em novembro, por um período indeterminado, a um ritmo de 20 mil milhões de euros por mês.

As decisões do BCE vão ser explicadas pelo presidente da instituição, Mario Draghi, na sua última conferência de imprensa antes de deixar o cargo no fim do mês.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.