O valor total dos ativos regularizados foi de 169,9 mil milhões de reais (47,5 mil milhões de euros), segundo o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

“Entendemos que o programa foi bem-sucedido já que sua adesão era voluntária”, afirmou.

O prazo para pessoas e empresas aderirem ao programa terminou na última segunda-feira, 31 de outubro.

Segundo a Receita Federal, ao todo 25,011 mil pessoas fizeram a declaração, enquanto cerca de 103 empresas aderiam ao programa.

O Governo Federal dividirá do valor arrecadado com os estados, que ficarão com 21%, e com os municípios, que receberão 23,5%. Mesmo assim, o repatriado será uma fonte de recursos importante para o Governo do Brasil não ultrapassar as metas de défice que estabeleceu para as contas públicas.

Em 2016, o país projeta que terminará o ano com défice primário consolidado de 163,9 mil milhões de reais (45,8 mil milhões de euros) ou 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.