Pedro Sánchez fez o anúncio do Plano de Promoção do Setor do Turismo numa cerimónia em Madrid, em que também estiveram seis ministros e representantes de sindicatos, associações patronais e outros serviços públicos e organismos setoriais.

Do montante total anunciado, 3.360 milhões de euros destinam-se a medidas para reativar o setor e 859 milhões para a melhoria da competitividade.

O plano apresentado foi considerado estratégico e tem como um dos objetivos principais recuperar a confiança no turismo como setor “seguro e sustentável pós-covid-19″.

O projeto para impulsionar o setor consiste em 28 medidas que se articulam em torno de cinco linhas de ação: a recuperação da confiança no destino (“um destino seguro 360º”), a implementação de medidas para reativar o setor, a melhoria da competitividade do destino turístico, a melhoria do modelo de conhecimento e inteligência turística, e uma campanha de ‘marketing’ e promoção.

Segundo Madrid, este novo plano vai permitir a recuperação de um setor fundamental na economia de todo o país, que representa 12% do Produto Interno Bruto (PIB) espanhol e que, no início de 2020, empregava 13,6% do número total de inscritos nos serviços públicos de segurança social.

A Espanha foi um dos países europeus mais atingidos pela pandemia de covid-19, que já provocou 27.136 mortos no país.

A nível mundial, morreram mais de 445 mil pessoas, incluindo 1.523 em Portugal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.