De acordo com os dados oficiais hoje divulgados, este retrocesso do PIB confirma as previsões iniciais publicadas em julho e acontece depois da queda de 5,9% registada entre janeiro e março, sendo a maior desde a série histórica iniciada em 1949.

A evolução negativa do PIB está relacionada com o encerramento de algumas atividades não essenciais entre 17 de março e 11 de maio no âmbito das medidas de confinamento decididas pelas autoridades francesas no combate à pandemia de covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 826 mil mortos e infetou mais de 24,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Em França, contabilizam-se 30.576 mortos, mais de 259 mil casos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.