“Graças ao apoio do FEI no âmbito do Piloto-Garantia de Competências e Educação, a CGD irá desenvolver dois produtos de empréstimo destinados a aumentar a sua capacidade de concessão de empréstimos tanto a empresas portuguesas que investem na melhoria das competências dos seus trabalhadores como a organizações que oferecem serviços de educação e formação”, informou a Representação da Comissão Europeia em Portugal, em comunicado.

Neste contexto, o FEI irá assumir 80% do risco de financiamento da dívida concedido pela CGD a empresas e organizações portuguesas, do setor da educação.

“Investir na melhoria das competências e nos serviços de formação significa investir no nosso futuro, contribuindo para o crescimento económico, a competitividade, a inovação e o emprego. Estes são elementos indispensáveis para assegurar uma recuperação inclusiva da pandemia da covid-19”, afirmou o diretor executivo do FEI, Alain Godard.

O Piloto-Garantia de Competências e Educação (Piloto C&E) é uma iniciativa de financiamento da dívida destinada a estimular investimentos na educação, na formação e nas competências, explicou a Representação da Comissão Europeia em Portugal, em comunicado.

O FEI executa o Piloto C&E em nome da Comissão Europeia e, assim, a iniciativa beneficia do apoio orçamental da União Europeia ao abrigo do Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), o principal pilar do Plano de Investimento para a Europa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.