Em comunicado, a gestora de fundos, detida por Pedro Vargas David e Luís Santos, dá conta da conclusão do negócio que tinha sido anunciado em dezembro de 2021, sem revelar o valor do investimento.

"A ALPAC pretende reforçar a identidade europeia do projeto, nomeadamente através do aprofundamento do diálogo com os deputados do Parlamento Europeu e da Comissão Europeia em Bruxelas, e dar continuidade ao processo de digitalização dos media, assim como aos seus esforços de diversificação", lê-se no comunicado enviado à Lusa.

Na mesma nota, o presidente executivo da ALPAC Capital, Pedro Vargas David, destaca "a necessidade de amplificar a voz da Euronews no panorama mediático europeu e até mesmo além das fronteiras do continente".

"A Europa viveu momentos de instabilidade na última década: crises financeira, sanitária e agora militares, que não há muito tempo, seriam praticamente impensáveis. A União Europeia tem, por isso, desempenhado um papel cada vez mais central nas nossas vidas. Para a UE se tornar, tal como é nosso desejo, mais forte e eficiente tem de ser cada vez mais democrática e responsável: nada disto é possível sem uma imprensa livre e forte", acrescentou.

A Euronews adiantou ainda que a jornalista Graça Franco, ex-diretora de informação da Rádio Renascença e até recentemente provedora do Ouvinte da RTP, foi nomeada presidente do Conselho Editorial, que é o órgão responsável por "discutir todos os assuntos e estudar todas as ações e decisões relativas à linha editorial e qualidade editorial".

A propósito da sua nomeação, Graça Franco refere, em comunicado, que "a Euronews tem desde há quase três décadas uma missão de serviço público e vai continuar a fazê-lo", acrescentando que "a Europa e o Mundo estão a mudar e este é o momento de tentar explicar melhor as coisas, de combater as notícias falsas e de fazer cumprir os princípios orientadores da Euronews, que mesmo passados tantos anos ainda se mantêm atuais e relevantes".

A presidência executiva do grupo Euronews foi assumida recentemente por Guillaume Dubois, antigo CEO da BFM TV e diretor de transmissão da LCI, dois dos principais canais de informação franceses, que tem como objetivo atingir o equilíbrio financeiro da empresa até 2023.

Para o CEO, "o impulso que a chegada da ALPAC Capital representa para a Euronews permitirá que o grupo melhore ainda mais a sua oferta televisiva e digital".

A Euronews é um canal internacional de notícias ininterruptas europeu, disponível em 17 idiomas, com transmissão em 160 países, alcançando mais de 145 milhões de pessoas todos os meses, tanto em televisão como nas plataformas digitais, segundo o Global Web Index.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.