Em comunicado conjunto dos ministérios das Finanças e do Planeamento e Infraestruturas, o executivo assegurou que vai dar resposta às recomendações apresentadas, através da aplicação do PNR e do PE.

Hoje, a CE divulgou um conjunto de recomendações específicas por país, um exercício de orientações políticas no quadro do semestre europeu de coordenação de políticas económicas.

Na ocasião, a comissária do Emprego, dos Assuntos Sociais, das Competências e da Mobilidade Laboral, Marianne Thyssen, afirmou que a principal recomendação a Portugal é trabalhar na qualificação da população adulta portuguesa, “das mais baixas da UE”, mas afirmou acreditar que esse é um dos desígnios do Governo.

Na sua reação, o Governo destacou que a Comissão “reconhece que os níveis de endividamento públicos e privados revelam uma tendência descendente, mas continuam elevados; que é necessário prosseguir a ação recente de resposta aos desafios do setor financeiro; que devem ser mantidas as reformas de combate à segmentação do mercado de trabalho; e que deve ser reforçado o esforço de melhoria das qualificações da população”.

Por junto, o executivo considerou que “a CE conclui que a efetiva implementação do PNR e do PE dará continuidade à correção destes desequilíbrios”, pelo que “o Governo continuará a dar resposta às recomendações apresentadas através da implementação do PNR e do PE”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.