Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um valor de 622 milhões de dólares, sujeita aos ajustes habituais nestas transações", sendo que "o acordo seguirá agora o habitual processo de autorizações, que deverá estar concluído até final do ano".

A Fundação Gulbenkian já tinha anunciado a intenção de sair do negócio da exploração de petróleo, com ativos avaliados em cerca de 457 milhões de euros, para ser mais sustentável, um negócio criado em 1938 pelo seu fundador, Calouste Gulbenkian.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.