“As taxas de juro dos países em desenvolvimento aumentaram, em média, 2,2 pontos percentuais durante o ano de 2018″, lê-se num relatório enviado hoje à Lusa, no qual se afirma que “o custo do financiamento para os países de baixo e médio rendimento aumentaram sete vezes mais que os custos para os Estados Unidos durante o ano passado”.

O CJD calculou o custo dos juros para os 25 governos de baixo e médio rendimento com dívida pública emitida internacionalmente, deixando de fora desta lista Moçambique por estar em incumprimento financeiro e não ter, por isso, emitido dívida pública nos mercados internacionais durante o ano passado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.