“A REN registou um resultado líquido de 4,3 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, um recuo de 8,9 milhões de euros em comparação com o período homólogo”, indicou, em comunicado, a empresa liderada por Rodrigo Costa.

Em comparação com o primeiro trimestre de 2019, os resultados apresentam uma redução de 67,5%.

Entre janeiro e março, o EBITDA (resultados antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) da REN totalizou 118,9 milhões de euros, o que traduz uma redução de 5,1%.

Por sua vez, os resultados financeiros, no período em causa, foram negativos em 13,6 milhões de euros, valor que compara com os — 15,5 milhões de euros apurados no primeiro trimestre de 2019.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.