De acordo com a informação disponível na página do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) na Internet, em setembro, do total de desempregados casados ou em união de facto, 20.568 (9,7%) têm também registo de que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desempregado no serviço de emprego.

No final de setembro de 2016, de acordo com o instituto, estavam registados nos serviços de emprego do continente um total de 461.037 desempregados, dos quais 45,8% eram casados ou viviam em situação de união de facto, perfazendo um total de 211.088.

O desemprego registado nos serviços de emprego do continente diminuiu 8,9% face ao período homólogo e 1,5% em relação ao mês anterior.

Relativamente aos desempregados casados ou em situação de união de facto, a diminuição face a setembro de 2015 atingiu os 11,2% (menos 26.615 desempregados), enquanto a variação face a agosto de 2016 foi de -3,1% (menos 6.651).

Em termos globais, o número de desempregados inscritos nos centros de emprego no continente e regiões autónomas baixou 8,8% em setembro face ao mesmo mês de 2015, para 491.107 pessoas, e recuou 1,5% face a agosto.

De acordo com os dados do IEFP, o decréscimo mensal de 1,5% do desemprego em setembro é o maior recuo verificado neste mês do ano desde que há registo, em 1989.

A descida homóloga de 8,8% em setembro equivale a menos 47.606 desempregados, enquanto face ao mês anterior estavam registadas menos 7.656 pessoas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.