Estas posições assumidas pela antiga líder da Juventude Socialista e atual deputada do PS eleita pelo Algarve foram transmitidas na reunião da Comissão Permanente da Assembleia da República.

Partindo dos mais recentes dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Jamila Madeira referiu que o crescimento de Portugal no segundo trimestre deste ano foi de 2,3%, "acima da média da zona euro e da União Europeia a 28 Estados-membros".

"Podemos assim dizer com orgulho que já passámos o cabo das tormentas, a economia portuguesa cresce agora acima de 2% há oito trimestres consecutivos, mostrando robustez e sustentabilidade. Mas, mais importante, os portugueses sentem no seu dia-a-dia a devolução dos rendimentos, o crescimento do emprego e a retoma da confiança", sustentou.

Na sua intervenção, além dos elogios à política económico-financeira do atual Governo, Jamila Madeira optou também por criticar a atuação política do PSD e do CDS-PP.

"Em 2015, muitos vaticinaram a desgraça: Uns chamavam a ciência e alegavam o matematicamente impossível; outros apelavam a crenças e chamavam o diabo. Uns e outros não conseguiram destruir o caminho de alento que, com os portugueses, permitiu a este Governo reconstituir a confiança e a esperança em Portugal", declarou a antiga líder da JS.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.