Em comunicado, a Câmara de Vouzela informa que as duas empresas ficarão instaladas na Zona Industrial de Monte Cavalo, criando cerca de 100 postos de trabalho "a curto e médio prazo".

Um dos investimentos, orçado em quase 25 milhões de euros, será realizado pela empresa norte-americana eSurface.

"Deverá ser executado durante dois anos, prevendo-se que crie 35 a 40 postos de trabalho. A empresa vai dedicar-se à produção de circuitos eletrónicos para aplicar em energia solar fotovoltaica na indústria aeronáutica, automóvel e têxtil, e para fins médicos", refere.

O segundo investimento, de aproximadamente 5,5 milhões de euros, será feito pela empresa Efecty Kvita e irá criar cerca de 60 postos de trabalho.

Esta empresa tem "um sistema patenteado de cavitação, que permite a limpeza e purificação de água, aplicável, nomeadamente, em piscinas e estações de tratamento".

Para além desta unidade, que ficará instalada na área de ampliação da zona industrial de Vouzela, num pavilhão com cerca de 4 mil metros quadrados, "a expectativa é de que venha a criar no concelho mais duas fábricas".

"Esta é mais uma boa notícia para o concelho, não só porque as empresas representam mais um polo de atração e fixação de pessoas, mas também porque dá nota de uma estratégia muito positiva de captação de investimento por parte do executivo de Vouzela", lê-se ainda na nota da Câmara.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.