"Pelos jornais já estou despedido, mas isso terá de ser perguntado ao presidente. Vou a Braga para cair de pé, depois, logo vamos ver", disse César Peixoto, na conferência de antevisão ao jogo em Braga, no sábado, da última jornada do campeonato.

O técnico pacense, que tem mais um ano de contrato com o emblema nortenho, explicou que a preparação da próxima época estava dependente do futuro do Paços na I Liga, mas repetiu que o problema nunca será o tempo.

"Ainda temos mais um jogo e depois há tempo para preparar as coisas. Quero muito deixar uma boa imagem. Ficar em penúltimo não é o mesmo que ficar em último. Há tempo para conversar, perceber o que é melhor para o clube, mas estou cá para trabalhar", concluiu.

O Paços, já despromovido, ocupa o 17.º e penúltimo lugar, com 23 pontos, enquanto o Sporting de Braga é terceiro, com 75, e já tem garantida a presença na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

As duas equipas defrontam-se no estádio Municipal de Braga, no encerramento da última jornada, no sábado, às 20:30, num jogo que terá arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.

CYA // AJO

Lusa/Fim