O interesse pessoal deve sobrepor-se ao interesse nacional?

a) Sim.

b) Claro que sim.

c) Como é óbvio. És parvo, ou quê?

d) Não. Estava a brincar, sim.

O Serviço Nacional de Saúde:

a) Devia acabar para dar lugar a um sistema privado subsidiado pelo Estado.

b) Não conheço, fui sempre à CUF Descobertas.

c) É para pobres preguiçosos que não conseguem pagar uma consulta de atendimento permanente numa clínica do Pingo Doce.

d) Gosto, porque uma vez beijei uma enfermeira do São José depois de um jantar de empresa em que vomitei bacalhau espiritual.

Os impostos:

a) São um roubo, devia haver uma taxa única de 15%.

b) São um saque, devia haver uma taxa única de 1,5%.

c) São uma pilhagem, devia haver uma taxa única de 0,15%.

d) São um assalto, o Estado devia pagar-te 150 euros por cada dia em que aceitas estar neste reduto estalinista.

O que é bom para as empresas é bom para todos?

a) Sim.

b) Mas isto agora é só perguntas óbvias?

c) Para todos, menos para os indolentes, mandriões e gajas que engravidam ou lá o que é.

d) Sim, mas em inglês com sotaque de Chicago.

Em geral, o Estado intervém na vida das pessoas:

a) Imenso e para pior.

b) Constantemente. Falo mais com o Estado do que com a minha mãe.

c) Brutalmente. Sinto-me a toda a hora numa sessão de BDSM com o Estado.

d) Estado? O que é um Estado?

As escolas devem ser:

a) Privadas pagas pelo Estado.

b) Privadas, ponto. Os pobres que aprendam ouvindo as nossas conversas.

c) Não devia haver escolas. As crianças devem ter a liberdade de escolher não angariar qualquer tipo de conhecimento ou valência.

d) Uma app em que o professor vem com uma mala verde às costas cheia de livros ensinar a casa por 1,99€/hora.

A “precariedade”:

a) É um termo inventado por esquerdalhos para forçar leis que promovam que preguiçosos vivam do subsídio de desemprego.

b) É o que acontece quando optas por cursos que não te fazem milionário, como Sociologia, História ou Gestão no ISEG (Instituto Superior de Esquerdistas Gastadores).

c) É a forma de eu ver caras novas na empresa do meu pai, que um gajo tem de lavar a vista.

d) Não tenho condições para celebrar um contrato com a resposta a esta pergunta, talvez possa responder alguma coisa em cartão de refeições.

Se a maioria das tuas respostas foi A, vota Iniciativa Liberal.

Se a maioria das tuas respostas foi B, vota Iniciativa Liberal.

Se a maioria das tuas respostas foi C, vota Iniciativa Liberal.

Se a maioria das tuas respostas foi D, vota Iniciativa Liberal.

Recomendações

Atividade de fim de semana grátis!

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.