1. Portas e truques

As birras têm razões que até a criança desconhece.

Ainda há dias o Matias, o meu filho mais novo, desatou numa fúria porque não o deixámos abrir a porta, não lhe permitindo assim mostrar os seus dotes de pessoa que sabe abrir portas.

Felizmente, nos últimos meses, não sei bem como, descobrimos um truque que acalma o miúdo quando aparece a inevitável birra.

Quando começa a fúria do Matias, deixo passar um ou dois minutos e pergunto se quer que lhe tire a birra. Ele diz que sim com a cabeça e eu puxo um bicho inexistente preso atrás da orelha (um leve puxãozinho no lóbulo ajuda-o a sentir que estou mesmo a fazer alguma coisa) — e, pronto, ele pára de chorar de imediato e suspira fundo.

O Simão, irmão mais velho, fica sempre maravilhado com isto — e nós também!

2. Varrões e embirrações

E a palavra, de onde vem?

«Birra» virá da palavra latina «verrēs», que significava «porco» e se transformou em «birra» num percurso que passou pela palavra em latim vulgar «*verrāre» (guinchar) e pelo castelhano. A mesma palavra latina também deu origem à nossa palavra «varrão» ou «barrão», uma outra palavra para porco.

Veio do castelhano, é certo, mas uma vez com as palavras na mão, fizemos o que é costume: inventámos mais palavras. «Embirrar», por exemplo, e ainda «embirrações». E ainda temos os «birrentos», claro está. O Matias, apesar das birras que de vez em quando o tomam de assalto, não me parece especialmente birrento, mas é muito difícil saber. Os pais nunca são muito objectivos...

3. Berros e cervejas

As palavras fazem o seu caminho e tornam-se diferentes ou parecidas ao sabor do uso dos falantes.

Se foi o castelhano que nos deu a palavra há muito tempo, a verdade é que nessa língua o vocábulo tem hoje a forma «berrinche». Já «birra» é uma forma coloquial para cerveja, de acordo com o dicionário da Real Academia Española. Em italiano, cerveja é mesmo «birra» — e as palavras francesa e inglesa (entre outras) também se aproximam da nossa birra. São apenas coincidências: a origem da «birra» italiana, da «bière» francesa e da «beer» inglesa é uma velha palavra germânica, que nada tem que ver com porcos e birras.

Já não é coincidência a proximidade entre «birra» e «berro»: também esta última palavra veio da mesma palavra latina para porco.

A birra é mesmo um bicho que berra atrás da orelha...

(Obrigado a Fernando Venâncio pela lembrança das palavras derivadas e a João Nogueira da Costa pela indicação da origem de «berrar».)

Marco Neves | Professor e tradutor. Escreve sobre línguas e outras viagens na página Certas Palavras. O seu livro mais recente é História do Português desde o Big Bang.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.