A Altice Portugal assinou com o consórcio Arena Atlântico a renovação do contrato de patrocínio da sala de espetáculos Altice Arena. Depois de, em 2013, o antigo Pavilhão Atlântico ter mudado de nome para “Altice Arena”, o mesmo “naming” manter-se-á nos próximos 10 anos, até 2029, informaram a operadora de telecomunicações e a empresa de Luís Montez, que controla e gere aquele espaço no Parque das Nações, em Lisboa, durante a assinatura do contrato, cujos valores não foram divulgados.

O ato, celebrado na sede da Altice, em Lisboa, serviu ainda para a dona da MEO anunciar a instalação de uma “célula” macro de uma antena 5G no espaço onde decorrerá a Web Summit, maior feira de tecnologia, inovação e empreendedorismo da Europa, evento que arranca hoje no Altice Arena e na FIL.

A Altice Arena é “a maior e a melhor casa de espetáculos do país”, sendo que “estamos, lado a lado, presentes nos principais momentos de entretenimento do país”, sublinhou Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, para quem aquele espaço é “mais que uma sala de espetáculo, é uma porta para os maiores eventos do país”, reforçou. A renovação da parceria no local que “é a nona casa a nível mundial e quinto, europeu, a nível de espetadores (1 milhão/ano)”, é, para Alexandre da Fonseca um sinal que a empresa aposta “no desenvolvimento da cultura e do entretenimento em Portugal”.

5G só na Web Summit em ocasiões autorizadas

O anúncio de renovação do batismo do Altice Arena serviu ainda para a operadora mostrar os dotes da quinta geração da rede móvel (5G), numa ação que decorreu no terraço da sede da empresa, onde está montada uma antena. Uma videochamada realizada por um responsável da Altice para a área Tecnológica, com o palco principal da Web Summit, onde a Altice anunciou a instalação de uma “célula macro” para fornecer 5G à cimeira tecnológica.

“É o primeiro ponto 5G em salas de espetáculo a nível nacional e das primeiras a nível europeu”, garantiu Alexandre Fonseca que anunciou ainda a “cobertura integral e permanente de 5G a partir deste momento no Altice Arena", o que "irá permitir que todos aqueles que têm telemóvel de 5ª geração possam desfrutar dessa tecnologia”.

O CEO da Altice deixou, no entanto, um recado: a tecnologia 5G fica permanente no Altice Arena (e em Picoas, onde já estava), embora só funcione “com frequências temporárias cedidas pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) para efeitos de teste”. Em relação ao uso comercial, que ainda não está disponível, está dependente do regulador, que prevê a atribuição das licenças entre junho e agosto do próximo ano. Para Alexandre Fonseca a comercialização de serviços 5G em Portugal “não acreditamos que esteja disponível antes do final de 2020”, alertou.

(O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, detido pela MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., propriedade da Altice Portugal)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.