O segundo encontro digital do Smart Cities Tour 2020, com o mote “Inovação Inteligente”, realizou-se em Oeiras, a 4 de novembro, e incluiu vários exemplos de protagonismo ao nível das estratégias municipais de inovação, com o objetivo de criar valor e, ao mesmo tempo, respeitar o cidadão, num contexto de uma "cidade inteligente".

A sessão de abertura ficou a cargo de Isaltino Morais, presidente da Câmara Municipal de Oeiras, e como habitual de António Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu e vice-presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), e com moderação de Miguel de Castro Neto, da NOVA CIDADE.

Além das habituais intervenções nos segmentos Smart Portugal Pitch e Building Smart Cities, o evento contou ainda com a participação de Francisco Rocha Gonçalves, do município de Oeiras, Ricardo Costa, do município de Guimarães, Paulo Calçada, Associação Porto Digital, Ricardo Gonçalves, do município do Fundão e Vitor Cardoso, técnico de Comunicação do Gabinete de Comunicação e Relações Institucionais do Crédito Agrícola.

Já a cidade de Évora acolheu dia 11 de novembro uma sessão pública dedicada ao tema “Smart Grids e Comunidades de Energia Zero Carbono”, visando as redes elétricas inteligentes como essenciais para as cidades do futuro. Mais digitais e mais flexíveis na interação com as novas dinâmicas económicas e sociais, permitem criar as condições para a participação ativa dos cidadãos e dos consumidores na transformação energética, através da criação de valor.

O presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Manuel Rodrigues Pinto de Sá, foi responsável pela abertura, com intervenções também dos habituais intervenientes António Almeida Henriques e Miguel de Castro Neto.

No evento online participaram ainda Nelson Lage, presidente ADENE – Agência para a Energia, Maria João Rodrigues, diretora da Lisboa E-NOVA, Daniel Valente, do município de Évora, André Espenica, secretário da CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central, e  José Miguel Costa, do projeto Pocityf – um projeto de cidades inteligentes e comunidades, cujo objetivo principal é criar um conjunto de Positive Energy Blocks, ou seja, áreas geograficamente delimitadas com uma produção local renovável superior ao consumo, em termos de média anual.

Durante a parte da tarde, em Oeiras e Évora, realizou-se ainda uma sessão de formação online exclusiva para técnicos e autarcas dos municípios da região dos workshops sob a temática “From Data to Value”, durante o qual foram partilhados e discutidos projetos e soluções de inteligência urbana na área temática visada. As sessões contaram com a presença e apoio dos especialistas da NOVA Cidade e dos parceiros do Tour, sendo dado especial ênfase às atuais capacidades de construção de dashboards e visualização de informação de apoio à tomada de decisão em contexto urbano.

Esta iniciativa é desenvolvida pela ANMP e a NOVA Cidade – Urban Analytics Lab, da NOVA IMS, em parceria com a Altice Portugal, CTT, EDP Distribuição, Crédito Agrícola e Deloitte.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.