Daniela Seixas, a “médica inquieta” como gosta de se descrever, sentiu a necessidade, em 2015, de enfrentar um novo desafio: foi assim que se inscreveu no MBA da IE Business School em Madrid. Começou as aulas com a ambição de entender a crise na Europa e terminou-as com aquele que seria o seu grande projeto: a Tonic App.

Daniela, enquanto médica radiologista e professora auxiliar na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, apercebeu-se da comunicação lenta e pouco eficiente do mundo hospital. Em certos casos, a transferência de um paciente entre hospitais era feita através de inúmeros telefonemas, processo que chegava a demorar mais de 30 minutos. Por outro lado, também os médicos tinham dificuldade em arranjar tempo vago para trocar ideias acerca de tratamentos e procedimentos clínicos.

Ao deparar-se com este cenário, Daniela Seixas teve a ideia de criar uma ferramenta móvel para agilizar o dia-a-dia de trabalho dos médicos. A Tonic App é uma aplicação que permite, assim, a discussão de casos clínicos de forma segura. Através desta aplicação, os médicos podem partilhar opiniões ou tirar dúvidas acerca do tratamento dos doentes.

Ao contrário das formas de chat convencionais, a Tonic App dá primazia à organização das conversas. Os médicos, quando apresentam a sua dúvida, conseguem organizar os diálogos por grupos ou tópicos. Existe também, por exemplo, conversas de urgência, no caso de ser um médico de banco que necessita, o mais rápido possível, de trocar uma opinião com os colegas. Para além da organização, a segurança do dialogo é um dos focos principais da aplicação, existindo, este modo, um registo especializado que permite que só os médicos se consigam inscrever.

Para além de possibilitar o diálogo entre os médicos, a Tonic App tem ainda ferramentas digitais úteis, como tabelas de conversão de medicamentos, calculadoras clinicas - onde se calcula a função renal de um paciente -, motores de busca de artigos científicos ou ainda conteúdos profissionais, que convencionalmente estão nas páginas dos livros mastodônticos que enchem as salas dos médicos.

Em 2015, Daniela Seixas apresentou esta ideia aos seus colegas do Master Business Administration (MBA): Dávid Bórsos, que vivia no Luxemburgo, Christophe de Kalbermatten e Andrew Barnes, que vivia em Vancouver, Canadá. A receptividade e interesse dos colegas fez com que, em 2016, criassem oficialmente a empresa, no Porto. A Portugal Venture, a capital de risco do Estado, investiu na Tonic App, no fim do ano de 2016.

Neste ano, o objetivo é entrar no mercado europeu, principalmente em Espanha, Inglaterra e Alemanha. O mote é sempre constante: a Tonic App pretende ser a ferramenta de ajuda de todos os médicos. Ambiciona marcar a diferença e essa vontade nota-se, desde logo, com a escolha do nome. Ao contrário do mundo cinzento e técnico que se pensa ser o dos médicos, a Tonic App relembra-nos do tónico, o medicamento que traz saúde a todos, e, confessa Daniela Seixas, traz-nos à memória aquilo que a vida tem de bom: como é o exemplo do Gin Tónico.

Veja também o episódio sobre a Tonic App na série da SIC Notícias "A Caminho para a Web Summit".


The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que constroem o Portugal de amanhã.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt