O torneio será composto por 16 equipas, cada uma com dois jogadores, que vão representar países de todas as confederações do organismo regulador do futebol mundial, entre as quais a UEFA.

O português Luís Vicente, diretor do departamento de transformação e inovação digital do organismo, assinalou que “um torneio dedicado às nações é mais um passo significativo para a FIFA e para o desenvolvimento do ‘eFootball’ mundial”.

“A FIFA eNations Cup também vai permitir melhorar a nossa interação com os fãs e jogadores de todo o mundo, para além de permitir às nossas federações desenvolver e iniciar programas e competições nos seus respetivos países”, explicou, em declarações publicadas no site oficial do organismo internacional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.