De acordo com os resultados financeiros, a empresa sediada em Quioto, no oeste do Japão, obteve um lucro líquido de 408 mil milhões de ienes (2,56 mil milhões de euros) nos últimos três trimestres.

Tal como a maioria das empresas japonesas, o atual ano fiscal da Nintendo decorre de 01 abril de 2023 a 01 de março de 2024.

O lucro operacional da Nintendo aumentou 13,1% para 464,41 mil milhões de ienes (2,91 mil milhões de euros) e o volume de vendas subiu 7,7% para 1,39 biliões de ienes (8,74 mil milhões de euros).

Num comunicado, a Nintendo atribuiu o aumento dos lucros às taxas de câmbio favoráveis, que beneficiaram as vendas de jogos para a consola ‘Switch’.

A desvalorização da moeda japonesa, o iene, face ao dólar norte-americano, favorece os grandes grupos exportadores, tornando os produtos mais competitivos no estrangeiro e aumentando os lucros obtidos no exterior.

A Nintendo destacou o lançamento sólido em outubro de “Super Mario Bros. Wonder”, o primeiro novo jogo da marca Super Mario em onze anos, que vendeu quase 12 milhões de cópias até ao final de 2023.

A empresa vendeu 14,9 milhões de unidades de consolas ‘Switch’ entre abril e dezembro, menos 7,8% do que no mesmo período de 2022.

Ainda assim, a Nintendo reviu em alta a previsão para as vendas de ‘Switch’ para todo o ano fiscal, de 15 milhões para 15,5 milhões de consolas.

O segmento de jogos para telemóvel e de licenciamento de propriedade intelectual quase duplicou, para 75,2 mil milhões de ienes (471 milhões de euros).

A Nintendo já disse que vai procurar explorar esse negócio, depois do sucesso do filme “Super Mario Bros. O Filme”, em abril.

A empresa prevê que o lucro no atual ano fiscal suba 4,8% para 440 mil milhões de ienes (2,75 mil milhões de euros), com as vendas a aumentar 3,2% para 1,63 biliões de ienes (10,2 mil milhões de euros).

Em maio, a Nintendo tinha apresentado previsões pessimistas para o ano fiscal de 2023, que incluem uma queda no lucro de 21,4% e uma diminuição de 10,8% no lucro operacional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.