Em comunicado, a Startup Portugal, entidade gestora da medida 'empreendedorismo' da componente C16 do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), avançou com os detalhes sobre a medida 'Vouchers para Startups – Novos produtos verdes e digitais', anunciado pelo ministro da Economia, António Costa Silva.

Na noite de abertura da Web Summit, em 02 de novembro, o ministro anunciou que iria ser lançado um pacote de 90 milhões de euros para apoiar 3.000 'startups' nos próximos quatro anos.

"Para submeter a candidatura dos seus projetos, as 'startups' devem ter até 10 anos de existência, sede em Portugal e certificação de PME, pelo IAPMEI", refere a Startup Portugal.

As despesas elegíveis destes 'vouchers' são custos com recursos humanos, despesas com acreditação ou certificação tecnológica de recursos humanos, aquisição de serviços externos especializados (digitalização de processos de negócios, serviços de marketing, entre outros), aquisição ou aluguer operacional de equipamentos, custos de licenciamento ou de subscrição de software, custos com a proteção/valorização de direitos de propriedade intelectual e custos indiretos.

"Esta é uma medida fundamental para o desenvolvimento do nosso ecossistema. As nossas 'startups' precisam de apoio na sua fase de arranque e acreditamos que estes 'vouchers' vão ser um apoio importante na concretização dos projetos liderados pelos empreendedores em Portugal", afirma António Dias Martins, CEO da Startup Portugal, citado no comunicado.

Os 'vouchers' têm um valor fixo "de 30.000 euros por 'startup', que serão disponibilizados em seis tranches trimestrais de cinco mil euros", e as candidaturas "de cada 'cut-off' trimestral são analisadas pela Startup Portugal", lê-se no documento.

A medida tem o valor total de 90 milhões de euros para atribuir, através de 3.000 'vouchers', até 2025.

O formulário de candidaturas será publicado no site do IAPMEI, até dia 25 de novembro.

O aviso de abertura de concurso no âmbito da medida 'Vouchers para Startups – Novos produtos verdes e digitais' foi publicado em 03 de novembro, no portal recuperarportugal.gov.pt. Trata-se de uma medida financiada pelo PRR/Next Generation EU.

A Web Summit, que arrancou na terça-feira, termina hoje, com a sua sétima edição a atingir o seu máximo de capacidade com 71.033 participantes de 160 países, com o maior número de sempre de 'startups' e de investidores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.